quarta-feira, 16 de novembro de 2011

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Clipping

Site "Glamurama", de Joyce Pascowitch
http://glamurama.uol.com.br/Materia_costela-84334.aspx

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Mãos à obra!


Denise Bandeira, Bruno Ferrari, Larissa Maciel, Bruce Gomlevsky e Glauce Guima.

Primeira leitura com Bruce, que substituirá Pedro Paulo Rangel no papel de Thomas Edison.

Fotos: CAFI

Glauce Guima e Denise Bandeira

Os personagens

Para além do fio e do pavio: Villiers de L'Isle-Adam


Villiers de L´Isle-Adam é um desses personagens espetaculares dessa Paris do final do século XIX. Um nobre deserdado, miserável, alcoólatra – com um único desejo: ser Sublime. Recolhido à própria imaginação fantástica, bizarra, herdeira direta dos textos de ETA Hoffman e Edgard Allen Poe – este autor fabuloso produziu suas fantasias, sem renegar seus mestres mas criando uma ficção de digital inconfundível, que mistura crueldade, humor e horror numa sobreposição de tons única e impressionante.

Pessimista e intransigente como todos os poetas simbolistas, Villiers amava o Infinito, as torres solitárias, as câmaras místicas e a filosofia hermética. E repelia com horror a sociedade utilitária e vulgar produzida pela Revolução Industrial e pela ascenção da classe média – “ignóbil, sórdida e doméstica”. E em seu horror à vulgaridade, empenhava-se na busca de emoções transcendentes que pudessem libertá-lo daquele “triste hospital” que lhe parecia a Terra. Lugar inóspito, não havia lugar para os verdadeiros Poetas.

Atirava-se, então, à literatura com desesperado fervor. Trocando a experiência do mundo externo pelo mundo da imaginação privada. E nesse embate criou sua obra. O conflito implícito entre as leis ideais da mente oposta às contingências limitadoras de vida é o tema principal desse poeta simbolista.

Villiers acreditava que a única função da filosofia e da cultura especulativa seria a de despertar o espírito humano e instigá-lo a uma vida de constante e ardente observação. Como não? Se nos é dado, somente um número contado de palpitações cardíacas, numa vida variada, e dramática! Sim. É preciso estar alerta! Porque a cada momento, alguma forma alcança a perfeição ao nosso tato ou visão, algum tom nas montanhas ou no mar torna-se mais nítido que os demais, alguma espécie de paixão, vislumbre ou estimulo intelectual nos é irresistivelmente real e atrativa. Apenas naquele momento. O fim não é o fruto da experiência, mas a própria experiência.

E somente na criação artística é que podemos esperar encontrar compensação para a anarquia, a perversidade, a esterilidade e as frustrações do mundo.

(fontes: Edmund Wilson em “O Castelo de Axel”/ “Black Humour” André Breton)

De Fio a Pavio

          (Para Chico, meu filho, que nunca me deixou desistir).


Trabalhei muito tempo sobre A Eva Futura de Villiers de L´Île-Adam. Briga boa e difícil. Várias vezes fui a nocaute. Não que traze-lo ao palco, agora, seja qualquer vitória. Será, no máximo, uma boa demonstração de teimosia. Mas quero acreditar que valeu a pena.

Ao ler, de início, o romance - sem ter a mínima idéia de quem seria aquele remoto escritor francês de nome pomposo  - vi, imediatamente aquela Eva de pé num palco. Por que? Não tenho a menor idéia. Escrevo mais para televisão e cinema do que para o palco. O teatro é um gênero que freqüento pouco e muito mais difícil para mim. Mas a Eva Futura foi um desses (raros) livros que, ao ler, vi logo de pé. Talvez por ter percebido naquele texto delirante a semente do assombroso robô de Metropolis, de Fritz Lang, desdobrado na Andróide carente de amor humano - de “Blade Runner” - outro filme marcante de minha juventude (de romantismo transbordante).

Ou talvez, simplesmente, porque o tema Realidade X Ilusão  me fascina e me inquieta. Natural. Vivemos, agora, em estado de vertigem permanente, vendo a fronteira entre uma coisa e outra se dissolver cada vez mais rápido diante de nossos olhos.

Sintoma dessa dissolução, desde sempre e hoje mais do que nunca, é a afirmação do Poder da Beleza Feminina que atravessa os séculos como valor inextinguível. Poder que me assombra, desconcerta e humilha - como a todas de minha espécie - na eterna busca da perfeição e na lamentação diária pela forma perdida. Da mais tonta à mais consciente, somos escravas, todas nós, da Eva, da Vênus, do Espelho - bombardeadas e confundidas pelas ofertas mágicas e milagrosas da indústria mundial da cosmética e do disfarce, afundadas num carnaval grotesco e sem prazo para acabar.

Levada por essa Eva Futura, por essa fantasia terrível e magnífica de Villiers de L´Isle-Adama, desci ao século XIX, freqüentei artistas, poetas e cientistas loucos, encharcados de absinto, suicidas, fazendo da própria vida um palco de paixões e sacrifícios, buscando o Ideal e a Beleza, a qualquer preço, ainda que mergulhados em miséria, doença, desespero. Todos eles tão modernos, tão iguais a nós...

Hipnotizada por ele e por sua ficção, lancei-me ao trabalho. Atrevi-me a tentar uma ponte entre essa fabulosa literatura e o teatro. Espero que as Musas tenham me ajudado a traduzir um pouco, que seja, dessa Matéria- Radiante. Nesse caso, foram tantos os artistas brilhantes que me ajudaram a arrancar a Eva das sombras que nem posso mais chamá-la de “minha”. O resultado que os senhores verão é - com todas as letras - uma criação coletiva.

Aí está ela, para todos nós. Céticos e sonhadores.

A todos, muito obrigada,

Denise Bandeira.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Curriculum da figurinista Rita Murtinho


CINEMA _     FIGURINO

-‘’Heleno’’ -  direção  José Henrique Fonseca
-‘’A Suprema Felicidade’’ _roteiro e direção  Arnaldo  Jabor
-“Anjos do Sol”- roteiro e direção  Rudi Lagerman
-“Vestido de noiva” –direção  Joffre  Rodrigues
-“Madame  Satã”- de  Karim  Ainouz
Buffo  &  Spallanzani” –de  Flavio Tambellini
Chatô,  o Rei  do Brasil”  - de  Guilherme Fontes
“Amor  e  Cia” – de  Helvécio  Ratton
A  Ostra e o  Vento”  - de  Walter  Lima  Jr.
Jenipapo”  de  Monique  Gardemberg
O  Monge e a  Filha  do  Carrasco” – de  Walter  Lima  Jr.
“ As  Meninas”  - de Emiliano  Queiroz
Lamarca”  de  Sergio  Rezende
O  Curandeiro  da  Selva”  de John  Mc Terry
(The  Medicine  Man  )
“ Brincando  nos  Campos  do  Senhor”   de  Hector  Babenco
( At  Play  in the  Fields  of the  Lord )                                          
“Romance   da  Empregada”   de  Bruno  Barreto
“Sonho  sem  Fim”  de  Lauro  Escorel
“O  Homem  da  Capa  Preta”  de  Sergio  Rezende
( Direção de arte e  Figurino )
“O  Cavalinho  Azul “  de  Eduardo  Escorel
“Bar  Esperança – O  Ultimo  que  Fecha “ de  Hugo  Carvana
“O  Sonho  não  Acabou “  de  Sergio   Rezende
(Direção  de  arte  e  Figurino  )

TEATRO

“A  Eva  Futura “  de  Villiers  de  L’ Isle – Adam
Tradução , Adaptação e Direção  :  Denise  Bandeira
“Mente  Mentira”  de  Sam  Shepard
Direção :  Paulo  de  Moraes
“Velha  é a  Mãe “ de  Fabio  Porchat
Direção : João  Fonseca
Antes da Coisa toda  Começar” de  Mauricio Arruda  e
Paulo de Moraes – Armazem  Companhia  de  Teatro
Direção : Paulo  de  Moraes
“ Miranda  por  Miranda “ de  Stela  Miranda
Direção : Stela  Miranda
“A  Noviça  Rebelde “ de Howard  Lindsay  e  Russel  Crouse
Direção :Charles  Möeller  e  Claudio  Botelho
“Quartos de Tennessee”  de  Tennessee  Williams
Direção  : Suzana  Ribeiro
“A  Inveja  dos  Anjos “ de  Mauricio Arruda e  Paulo de  Moraes
Armazem  Companhia  de  Teatro  - Direção : Paulo de  Moraes
“Mãe  Coragem  e  seus  Filhos “ de  Bertolt  Brecht
Direção : Paulo de  Moraes
Sete   O  Musical “ de Charles   Möeller  e Claudio  Botelho
Direção  Charles  Möeller
“Pequenos   Milagres”  de  Mauricio  Arruda e  Paulo  de  Moraes
Grupo  Galpão        Direção :  Paulo  de  Moraes
“Comendo  entre  as  Refeições”   de  Donald  Margulies
Direção :  Walter  Lima  Jr
Toda  Nudez  Sera  Castigada “  de   Nelson  Rodrigues
Armazem  Companhia  de  Teatro      Direção :  Paulo  de  Moraes 
“A Turma do  Pererê”   de  Ziraldo
Direção :  Stella  Miranda
“Divã”     de  Martha  Medeiros
Direção :  Ernesto  Piccolo
“ A  Morte  do  Caixeiro  Viajante”   de  Arthur  Miller
Direção  :  Felipe   Hirsch
Vamos  Brincar  de  Amor  em Cabo  Frio”   de  Sergio Viotti
Direção : Stella  Miranda
“ A  Prova “  de   David  Auburn
Direção :  Aderbal  Freire  Filho
“Como  Aprendi  a  Dirigir  um  Carro “   de Paula   Vogel
Direção :  Felipe   Hirsch
“ Memória   da  Agua      de  Shelagh  Stephenson
Direção :  Felipe  Hirsch         CENARIO  E  Figurino
“Jantar  entre  Amigos “   de  Donald  Margulies
Direção :  Felipe  Hirsch         Cenario  e  Figurino
“Mais  Perto”    de  Patrick  Maber
Direção :  Hector  Babenco
“Isabel , Relatorio  Confidencial  sobre  a  Monarquia “
De  Aderbal  Freire  Filho      Direção : Domingos  de  Oliveira
“ A  Dama  do  Mar “  de  Henrik  Ibsen
Direção : Ulysses  Cruz
“ A  Ver  Estrelas “   de   João  Falcão
Direção : João  Falcão
“ Este  é  o  seu  Problema “   de   Harold  Pinter
Direção : Carlos Gregório        Cenario  e  Figurino

“ Querida   Mamãe “  de   Maria  Adelaide  do  Amaral
Direção :  José  Wilker
“ No  Coração  do  Brasil “ de   Miguel   Falabella
Direção : Miguel   Falabella
“ Tamanduá   Sam “  de  Hamilton  Vaz  Pereira
Direção : Hamilton  Vaz  Pereira
“ Eu  Odeio  Hamlet “   de  Paul  Rudnick
Direção : José  Wilker
“Suburbano   Coração “    de  Naum  Alves  de  Souza  e
Chico  Buarque de  Hollanda       Direção : Naum  Alves  de  Souza
   Encontrar- se “   de  Pirandello
Direção :  Ulysses   Cruz
“ A  Estrela  do  Lar “  de  Mauro  Rasi
Direção :  Mauro  Rasi
“ Ataliba , a  Gata  Safira “    de    Hamilton  Vaz  Pereira
Direção : Hamilton  Vaz  Pereira
“ Ligações   Perigosas “   de  Christopher  Hapton   e
Choderlos  de  Laclos            Direção :  José  Possi  Neto
“ Cenas  de  Outono “     de   Yukio  Mishima 
Direção : Naum  Alves  de  Souza
El  Grande  de  Coca- Cola “    de  Ron  House   e
Alan Sherman             Direção : Naum  Alves  de  Souza
“Seis  Personagens  à  Procura  de  um  Autor “ de  Pirandello
Direção  Paulo  José



SHOW

Boca  Livre  _  “Bicleta “   1980
Cenário e Figurino
Marisa  Monte   1988  Figurino
Marisa  Monte   1991  Show  e  Video- Clip
Direção : Conspiração  Filmes
Marisa  Monte   1995 Show “ Cor  de  Rosa  e  Carvão “
Marisa  Monte   1997  Show   “ Barulhinho   Bom “
Marisa   Monte  2000  show  “ Memorias,  Cronicas  e  Declarações  de  Amor”


PREMIOS 

Premio  Kikito  _Figurino  “Sonho  sem  Fim “ 1985
Premio  Mambembe _ Figurino “ El  Grande  de  Coca-Cola” 1986
Premio  Mambembe-Figurino  “Cenas  de  outono” e “Ligações  Perigosas”  1987
Premio  Mambembe – Figurino “Encontrar-se “ e  “Estrela  do  Lar “  1989
Premio   Shell  -Figurino  “Encontrar-se”   1989
Premio Coca- Cola  - Figurino  “ A Ver  Estrelas “
Premio  da  Academia  de  Cinema – Figurino “ Madame  Satã “
Premio  Eletrobras  de  Teatro- Figurino “ Toda Nudez  sera  Castigada “   2006
Premio  Shell  - Figurino  “ Sete ,  O  Musical “  2008
Premio  APTR  - Figurino  “ Sete , O  Musical 
                                                                    

Curriculum da diretora assistente Glauce Guima

27 anos


Curso Superior de Artes Cênicas - UFMG
concluído em 2005

                TEATRO
2011 – Atriz e produtora - “Grito d’alma”, texto de Tennessee Williams, direção de Diogo Salles – Rio de Janeiro – RJ
2011 – Assistente de direção “O Sentimento do Mundo”, de Domingos Oliveira- Rio de Janeiro – RJ.
2011 – Assistente de direção e trilha sonora – “A Eva Futura”, texto e direção de Denise Bandeira, Rio de Janeiro - RJ
2010 - Atriz - "Do Fundo do Lago Escuro", texto e direção de Domingos Oliveira, Rio de Janeiro - RJ
2009 - Assistente de Direção e Trilha Sonora - "Confronto", direção de Domingos Oliveira, Rio de Janeiro - RJ
2009 - Assistente de Direção - "Poemas e Canções", direção de Domingos Oliveira, Rio de Janeiro - RJ
2009 - Assistente de Direção - "Apocalipse Segundo Domingos Oliveria", direção e texto de Domingos Oliveira, Rio de Janeiro - RJ
2007 - Atuação e Direção - "E rebanhos, e cardumes, e..." , texto de Mora Fuentes, Rio de Janeiro - RJ
2007 - Assistente de Direção - "Alvorada", direção de Cida Morenyx, Rio de Janeiro - RJ
2006 - Atriz - indicação de melhor atriz "O Caderno Rosa de Lori Lamby", direção de Ana Haddad, texto de Hilda Hilst, Rio de Janeiro - RJ
2005 - Atriz - "Estação Esperança" - direção de Mônica Ribeiro, Belo Horizonte - MG
2005 - Atriz - "Cariño Malo", direção de Gil Esper, texto de Inés Marguerita Stranger, Belo Horizonte - MG
2004 - Atriz - "A Cozinha", texto de Arnold Wesker, direção de Luís Otávio Carvalho, Belo Horizonte - MG
2003 - Atriz - "Os Sete Gatinhos", texto de Nelson Rodrigues, direção de Luiz Padinha, Belo Horizonte - MG
2003 - Atriz - "Roda Viva" de Chico Buarque, direção de Antonio Hildebrando, Belo Horizonte - MG
2002 - Atriz – Projeto "Leitura Aberta", com a Companhia de Outros Atores, Belo Horizonte - MG
2002 - Atriz - "A Possessa", texto de Hilda Hilst, direção de Juarez Dias, Belo Horizonte - MG
2001 - Atriz - "Mostra de Cenas Curtas", Escola de Belas Artes, UFMG, Belo Horizonte - MG
2001 - Atriz - "O Caderno Rosa de Lori Lamby", texto de Hilda Hilst, direção de Ana Haddad, Belo Horizonte - MG
2000 - Atriz - "O Manco e a Bêbada", texto e direção de Juarez Dias, Belo Horizonte - MG
1999 - Atriz - "No Limite da Alma", texto e direção de Marco Antônio Cruz, Belo Horizonte - MG
1997 - Atriz - "Valsa nº 6", texto de Nelson Rodrigues, direção de Juarez Dias, Belo Horizonte - MG

CINEMA
2009 - Atriz - prêmio de melhor atriz - "Descrição da Ilha da Saudade", direção de Alyne Fratari. Curta-metragem. Goiânia – GO.
2007 - Atriz - "Exercício nº 1" - Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Curta, Rio de Janeiro - RJ
2004 - Atriz -"O Caderno Rosa de Lori Lamby" - Escola de Belas Artes UFMG - supervisão de Rafael Conde. Curta, Belo Horizonte - MG
1997 Atriz "Josefine e a Outra", direção de Guilherme Fontes. Curta, Belo Horizonte - MG


                DANÇA
1999 Bailarina Aprovação no Exame do método inglês do Royal Academy of Dancing
1999 Bailarina Festival Anual da Escola de Danças Bárbara Santos
1997 Bailarina Mostra Anual de Danças - Escola de Ballet Victoria Parcus
1997 Bailarina - Festival Nacional de Dança de Nova Friburgo - RJ
1992 a 1996 Bailarina Festival Anual de Danças- Academia Movimentos

TV
2010 – Assistente de direção “Coisas Pelas Quais Vale a Pena Viver”, programa de Domingos Oliveira e Priscilla Rozenbaum – Canal Brasil, Rio de Janeiro – J.
2009 – Assistente de direção “UNz”, programa de Graça Motta – Canal Brasil, Rio de Janeiro – RJ.

PRODUÇÃO
2011 - “Grito d’alma”, texto de Tennessee Williams, direção de Diogo Salles – Rio de Janeiro – RJ

2010 – Show “Ponto de Partida”, do compositor e cantor Sergio Ricardo, BNDES, Rio de Janeiro, RJ.
2009 – “6 semanas de amor”, musical de Domingos Oliveira, Rio de Janeiro - RJ.
2009 -  “Show 3D”, de Domingos Oliveira, Rio de Janeiro - RJ.
2009 - "Poemas e Canções", direção de Domingos Oliveira, Rio de Janeiro - RJ
2007 -  "E rebanhos, e cardumes, e..." , texto de Mora Fuentes, Rio de Janeiro - RJ

Curriculum do ator Bruce Gomlevsky



Ator, produtor e diretor, formado pela Cal (Casa das Artes de Laranjeiras), está no mercado há quinze anos, trabalhando em teatro, cinema e televisão. Em cinema ganhou o prêmio “Candango” de Melhor Ator de Curta-Metragem 35mm no 32  Festival de Cinema de Brasília, com o filme “Cão-Guia” (1999), de Gustavo Acioly, e com o filme “Nada a Declarar” (2004), do mesmo diretor, ganhou o Prêmio de Melhor Ator de Curta-Metragem no Festival de Cinema de Vitória e no Festival de Cinema de Curitiba. Em papel de destaque, participou de quatro longa-metragens brasileiros, são eles: “Quase Dois Irmãos” (2005), de Lúcia Murat, “Deus É Brasileiro” (2003), de Carlos Diegues, “Apolônio Brasil” (2003), de Hugo Carvana e “Lara” (2002), de Ana Maria Magalhães. No teatro, integrou durante três anos, a Companhia de Ópera Seca, sob a direção de Gerald Thomas, onde realizou sete espetáculos, dentre eles: “Ventriloquist” (1999/2000), “NXW” (2000) e “Deus Ex-Machina” (2001/2002). Além destes, trabalhou em mais de vinte espetáculos teatrais, tais como “Romeu e Julieta” (1997) nos Jardins do Museu da República (pelo qual foi indicado ao prêmio de Melhor Ator no III Prêmio Cultura Inglesa de Teatro), “Nada de Pânico” (2003), sob a direção de Enrique Diaz, “A Morte do Caixeiro Viajante” (2003), sob a direção de Felipe Hirsch, “Répetition” (2004), de Flávio de Souza e produção de Xuxa Lopes. Como ator e produtor, Bruce esteve à frente do elenco de “Avalanche” (2003/2004), sob direção de Ivan Sugahara e “A História do Zoológico” (2004/2005), também como diretor ao lado de Daniela Amorim.
            Em 2005, Bruce protagonizou o episódio “Vila prudente”, do seriado “Carandiru – Outras Histórias” (Rede Globo), dirigido por Walter Carvalho e direção geral de Hector Babenco e  participou dos espetáculos “O Rim”, de Patrícia Mello, com direção de Elias Andreato, uma produção de Carolina Ferraz e Eduardo Barata e “Alta Tensão”, texto e direção de Heloísa Perissé.

Em 2006, produziu LÍNGUAS ESTRANHAS, de Andrew Bovel,l e dirigiu ao lado de Daniela Pereira de Carvalho, a peça ganhadora do Prêmio Miriam Muniz, que cumpriu temporada no Espaço Sesc e no Centro Cultural Correios do Rio de Janeiro, tendo sido indicada ao Prêmio Eletrobrás na categoria Melhor Iluminação. Além disto, a peça foi selecionada para a Mostra Oficial do Festival de Teatro de Curitiba, onde apresentou-se no teatro Paiol e foi um dos destaques do Festival
        Em 2007, protagonizou a peça macbeth de william shakespeare e direção de moacir chaves no teatro do planetário/ RJ.
Atualmente bruce protagoniza o musical RENATO RUSSO, de Daniela Pereira de Carvalho e direção de Mauro Mendonça Filho, o qual também é produtor , grande fenômeno da temporada teatral brasileira atual, que contabiliza seis indicações aos Prêmios Eletrobrás e Shell, tendo sido vencedora no Prêmio Shell 2007, na categoria Melhor Direção. Cumpriu temporada  no CCBB São Paulo,ccbb brasília,teatro vannucci,canecão,hsbc brasil,e turnê por mais de 15 cidades em todo o brasil
. a peça já foi vista por mais de 70.000 espectadores desde que estreou em 11 de Outubro de 2006, no Centro Cultural dos correios no rio de janeiro.e atualmente segue em turnê por todo o país..

Curriculum da autora/diretora Denise Bandeira


CURRICULUM VITAE- DENISE BANDEIRA
ROTEIRISTA/DIRETORA/ATRIZ 

ROTEIRISTA:

- "Mal Incurável"  - (cinema) curta metragem de ficção em 35 mm - (roteiro e direção) /1978

- "Bar Esperança - O Último que Fecha" - (cinema) longa metragem. Co-autoria com Hugo Carvana; Armando Costa; Martha Alencar e Euclydes Marinho\ direção: Hugo Carvana - 1981

- "Quem Ama não Mata" - (televisão) mini-série em colaboração com Euclydes Marinho \ direção Daniel Filho. 1982

- "Cada Louco com sua Mania" - (cinema) longa metragem. Co-autoria com Lael Rodrigues (comprado) - l983

- "Vento Sul" - (cinema) longa metragem. Co-autoria com José Frazão direção: José Frazão - 1984

- "Projeto Zico - (televisão) especial para a TV Manchete\ direção Carlos Manga - 1985

- "Vai Trabalhar Vagabundo II" - (cinema) longa metragem . Co-autoria com José Joffily\ direção Hugo Carvana - 1986

- Roteiros para video-clips (televisão) programa "Fantástico"\TV Globo - (Chico Buarque\Milton Nascimento\Tim Maia\Paralamas do Sucesso\Beto Guedes\João Bosco\Barão Vermelho\Cauby Peixoto\ Fagner\Elba Ramalho \\ direção: Roberto Talma/ Jodele Larcher/ Ignacio Coqueiro/ Paulo Trevisan/ José Mario - 1987/1988.

- "Táxi Driver" - (televisão) episódio para a série "Histórias que o Povo conta"\"Fantástico"\TV Globo - direção Fábio Sabag (comprado) - 1987

- "Correndo Risco" - (televisão) episódio para a série "Tarcísio & Glória"\TV Globo - direção Mario Marcio Bandarra (comprado) - 1988

- "Nosotros" - (cinema) média-metragem escrito para o Taller de Guiones de Gabriel Garcia Marquez em Cuba - (comprado) - 1989

- "Do Amor e Outros Demônios" - (cinema) longa metragem. Co-autoria com Ruy Guerra e Gabriel Garcia Marquez; Eric Nepomuceno; Luiz Duarte e Regina Braga. (Comprado) – 1990 (comprado)

- "Caubói" - (televisão) criação da novela, sinopse e 15 capítulos / SBT (Walter Avancini)// Co-autoria com Braulio Pedroso/ José Joffily e Joaquim Assis. (Comprada) - 1990

- "CCAA - The World is Yours" - (televisão) roteiro para filme comercial de 1 minuto\ direção Carlos Magalhães - 1990

- "São Francisco de Assis - Um Louco em Deus" - (televisão) mini-série em 40 capítulos. \SBT (Walter Avancini). Co-autoria com José Joffily (Comprada) 1990/91

- "Amazônia" - (televisão) novela\ TV Manchete - colaboração com Jorge Durán  - 1991

- "Voce Decide" - (televisão) programa semanal\ TV Globo (autora fixa do programa. Episódios: "Faça a Coisa Certa"\ "Laços de Família"\ "Tabu" \ "Compulsão" \ "Romance Moderno" \ "Faça a Coisa Certa"\ "Paternidade"\ "A Tragédia Brasileira"\ "La Violetera"\ "O Direito de Escolher"\ "O Segredo da Jóia" "Angu de Caroço" etc) - Direção geral: Paulo José; Denis Carvalho e Roberto Talma - l992/1993/1994/1995 - e Nova fase - 1998/1999: "É permitido Sonhar"/ "A Lua da Arábia"/ "O Tesouro da Juventude"/ "Um Outro em Meu Lugar"/ "Nas Ondas do Destino"/ "Das duas Uma". (1992/2000)

- "A Vida Como Ela É" - (televisão) programa semanal\ TV Globo (autora fixa do programa) 40 histórias curtas de Nelson Rodrigues adaptadas para a televisão - exibidas durante 40 semanas no programa "Fantástico".(1996)

- "Tres Maneiras de se Dançar o Tango" - (teatro) - Comédia Romântica em Quatro Estações - direção  Paulo Betti/ Teatro dos Grandes Atores( de fevereiro a maio de 1996)

- "Insensatez" - (cinema) longa metragem - co-autoria com Antonio Carlos Fontoura e Ricardo Bravo. (Comprado/ inédito) - 1993

- " A Última Hora" - (cinema) roteiro de longa-metragem sobre a vida de Samuel Wainer inspirado no livro "Minha Razão de Viver"/ produção:          Lumière Latino America (Comprado/ inédito)- 1995

- "Caça Talentos" - novela  para a apresentadora de TV - Angélica. TV Globo. 1996. Co-autora - junto com Ronaldo Santos e Mauro Wilson.

- "Mauá - O Imperador e o Rei" - (cinema)  - colaboração no roteiro de longa metragem sobre a vida do Visconde de Mauá - inspirado no livro "Mauá o Imperador e o Rei"- de Jorge Caldeira. Produção: Joaquim Vaz de Carvalho/ direção: Sergio Rezende/ 1997. (Comprado/ inédito)

- "Andando nas Nuvens" - (televisão)  colaboradora de Euclydes Marinho na sinopse para novela - (Tv Globo)  (1997)

- "Malhação" (televisão) -   - Novela. TV Globo. Supervisora de texto (com Marcílio de Moraes) (1998)

- "Vida ao Vivo Show" – (televisão) show de humor com Pedro Cardoso e Luiz Fernando Guimarães. (TV Globo) 1988 - Autora.

- "Apolônio Brasil, o campeão da Alegria” – (cinema) argumento para roteiro de longa metragem/ parceria com Hugo Carvana e Joaquim Assis -  (Comprado/ inédito) 1997.

- "Valetodo" – (televisão) adaptação da novela "Valetudo" de Gilberto Braga, Leonor Basseres e Aguinaldo Silva. Co-produção da TV Globo com a Telemundo. Parceria com Leonor Basseres - (Inédita) – 2000

- “Amor de Brasileiro” – (televisão) – sinopse e piloto para minissérie sobre histórias românticas de autores brasileiros do século XIX até XXI. (inédito) – TV Globo 2001/ entregue para avaliação – inédito.

- "A Grande Família" – (televisão) autora – membro da equipe do remake da série de Armando Costa e Vianinha. TV Globo/ 2001 (com Claudio Paiva)

- “Desejos de Mulher” – (televisão) colaboradora de Euclydes Marinho na novela (TV Globo - 2002)

- “Celebridade) – (televisão) colaboradora de Gilberto Braga na novela (TV Globo – 2003)

- “Sexo, Amor e Traição” – (cinema) colaboração no roteiro. Direção de Jorge Fernando – Total Filmes/ Globo Filmes - 2003

- “Carga Pesada” – (televisão) elaboração do “Guia 4 Rodas” com Geraldo Carneiro – “bíblia” para a nova temporada da série em 2004

- “Velhos Amigos” – (televisão) colaboradora de Ronaldo Santos no piloto para o seriado – (TV Globo – 2005) (entregue à TV Globo para avaliação . Inédito)

- “Lar Doce Lar” – (televisão) co-autora, com Márcia prates, da sinopse de novela. 2005  (entregue à TV Globo para avaliação – inédita.)

- “Umas e outras” – (televisão) – co-autora, com Márcia Prates, da sinopse para seriado – 2005 (entregue à TV Globo para avaliação – inédita)

- “Cobras e Lagartos” – (televisão) Colaboração na sinopse e membro da equipe de autores da novela das 7 de João Emanoel Carneiro – TV Globo/ 2005.
 
- “Poeira em Alto Mar” – (televisão) adaptação, com Ronaldo Santos, da sinopse de Renato Aragão para uma minissérie em 8 capítulos, entregue à pela TV Globo – (2007. Inédita.

- “A Favorita” – (televisão) colaboradora de João Emanuel Carneiro, para o horário das 21 horas. No ar em 2008. TV Globo.

- “Criança Esperança”  - (televisão) roteiro do programa –direção Ulysses Cruz/ direção geral Wolf Maia. No ar em 2009. Tv Globo

- “Escrito nas Estrelas” – (televisão) novela – membro da equipe de Elizabeth Jhin – TV Globo 2010.

- “Romance Barato” – show de música – piano, voz e cello (Mário Feres e Vânia Lucas) – Teatro Café Pequeno Leblon/ Rio de Janeiro – outubro de 2010

- “Meu Segredo Mais Sincero” – (teatro/show) Leila Pinheiro – Teatro Rival – novembro de 2010/ Teatro  SESC Pompéia SP – tributo a Renato Russo. (Roteiro e direção)

- “A Eva Futura” – (teatro) – tradução, adaptação, direção e produção. Teatro SESI RJ de março a maio de 2011. Com Pedro Paulo Rangel, Larissa Maciel e Bruno Ferrari.

- “O Brado Retumbante” – (televisão) – de Euclydes Marinho/ membro da equipe, com Nelson Motta e Guilherme Fiúza – (inédito_ - no ar em janeiro de 2012. TV Globo.

- (autora da equipe da novela de Elizabeth Jhin – no ar em março de 2012 na TV Globo. Novela das 6 – ainda sem título)

..........................................................


- Membro do Júri de Roteiros do Rio Cine Festival - (cinema) 1986

- Membro do "Taller de Adaptación para Televisión" ministrado por Gabriel  Garcia Marquez na Escuela Internacional de Cine y TV em Cuba -             abril/maio 1989./ Participante do livro "Como Contar um Conto" de Gabriel Garcia Marquez que registrou esta mesma oficina em livro (Casa Jorge Editorial)

- Professora e criadora das Oficinas de Roteiro (I,II e III) na Faculdade     Cândido Mendes - 1990/1991/1992

- Professora do Curso de Extensão "Da Palavra à Tela/ Do Texto Literário      ao Roteiro de Cinema e TV" - Na PUC do Rio de Janeiro - 1994/ 1999

- Professora da Oficina de Roteiro da Casa da Gávea/1995

- Participante do workshop de roteiros de Jean-Claude Carrière / Brasília setembro de 1996

- Professora da Oficina de Roteiro da Fundição Progresso/ 1996/ 1999

-  Membro dos Workshops para Roteiristas I e II -  ministrados pelo Professor Syd Field no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro  - Agosto/Setembro 1994 e Setembro/1995

- Presidente do Júri de Premiação do Festival de Cinema de Brasília de        1993

- Membro do Júri de Premiação do Rio Cine Festival - Rio de Janeiro - 1994

- Membro do Júri de roteiros e conselheira do Sundance Institute - no workshop para roteiristas brasileiros (1998)

- Membro do Júri de roteiros de Curta-Metragem promovido pelo CCBB – Rio de Janeiro – 2001

- Membro do Júri de Vídeo Independente e Universitário do Festival de Gramado - 2005

..........................................................................

PRÊMIOS:

 - Melhor Roteiro - Festival de Gramado 1983 ("Bar Esperança")

- Melhor Roteiro - Associação dos Escritores Cubanos, Habana, Cuba ("Bar  
  Esperança) - 1983

- Melhor Roteiro - Festival de Natal 1991 ("Vai Trabalhar Vagabundo II")...................................

- 1.o Premio Concurso Nacional de Dramaturgia 1994 (MG) - "Tres Maneiras      de se Dançar o Tango" 


                           .........


DIRETORA;

- "Mal Incurável" - (cinema) - (roteiro e direção) curta-metragem/ficção - Produção TAL/ Distribuição Embrafilme - 1978

- "As Bodas de Felissa" - (teatro) -  Assistente de direção de Stella MIranda (texto e direção) - Teatro de Arena - 1982

- "A Bandeira dos Cinco Mil Réis" (teatro) - de Geraldo Carneiro\ Assistente de direção de Aderbal Junior - Teatro Villa Lobos - 1984

- Diretora de Testes para Novos Atores para a Casa de Interpretação (televisão) - TV Globo - 1986

- "O Estranho Jogo" - (teatro) de Suzana Torres Molina.\ tradução e direção. Teatro Cândido Mendes - 1989 (uma produção de Cristina Pereira, Ricardo Blat e Stela Freitas)

- "Pacto de Sangue" - (televisão) novela de Regina Braga\ Diretora-assistente de Herval Rossano\ TV Globo - 1988

- "Na Ponta da Língua" - show da cantora Leila Pinheiro - 1999/ Metropolitan (Rio de Janeiro) e Palace (São Paulo) /

- "Reencontro"  - show de Leila Pinheiro - 2000- ATL Hall e tournée pelo
interior de São Paulo.

- “Canções da Minha Vida” – show/cabaré com Domingos de Oliveira e Dedina Bernardelli. (2006)

- “Meu Segredo mais Sincero” – (Leila canta canções de Renato Russo) show de Leila Pinheiro – 2010/ 2011 – Turnê pelo Brasil, Teatro Rival no Rio de Janeiro e Teatro SESC Pompéia em São Paulo

                        ...............

 ATRIZ:

FILMES DE LONGA METRAGEM:

- "Gargalhada Final" (Xavier de Oliveira) - 1975
- "O Vampiro de Copacabana" (Xavier de Oliveira) - 1976
- "O Pistoleiro" (Oscar Santana) - 1976
- "Marília e Marina" (Luiz Fernando Goulart) - 1976
- "À Flor da Pele" (Francisco Ramalho Jr.) - 1976
- "Se Segura, Malandro" (Hugo Carvana) - 1977
- "Inquietações de uma Mulher Casada" (Alberto Salvá) - 1977
- "Fim de Festa" (Paulo Porto) - 1977
- "Idolatrada" (Paulo Augusto Gomes) - 1981
- "Vento Sul" (José Frazão) - 1984
- "Jorge, um Brasileiro" (Paulo Thiago) 1987
- "Vai Trabalhar Vagabundo II" (Hugo Carvana) - 1989
- "Louco por Cinema" (André Luiz de Oliveira) - 1994
- "O Homem Nu" (Hugo Carvana) – 1996
- “Apolônio Brasil” (Hugo Carvana) - 2000

FILMES DE CURTA-METRAGEM:

- "O Saxofonista" (Mariza Leão) - 1977
- "Variação Sobre um Tema" (Pompeu Aguiar) - 1977
- "Linhas Cruzadas" (Lael Rodrigues) - 1978
- "Brilho da Noite" (Emiliano Ribeiro) - 1978
- "Dois na Chuva" (Miguel Pwdowsky)- 1996
- "O Cabeça de Copacabana" (Rosane Svartman) 1999


TELEVISÃO:

- "Ciranda, Cirandinha" - série mensal/TV Globo (Daniel Filho) - 1978
- "Cinemateca" - programa mensal/TV E\Embrafilme (Martha Alencar) - 1978
- "Saravah" - programa quinzenal/TV Portuguesa (Manoel Coelho) - 1978
- "Plantão de Polícia" - série semanal/ TV Globo (Daniel Filho) -1978/80
- "Exercício de Natal" - especial/TV E (Amir Hadad) - 1979
- "A Dama das Camélias" - especial/TV Globo (Denis Carvalho)  - 1983
- "P.I.S" - (Caso Verdade)/TV Globo (Reynaldo Boury) - 1985
- "Anos Dourados" - mini-série/TV Globo (Roberto Talma) - 1986
- "Bar Doce Bar" - teletema/Tv Globo (Pedro Cardoso) - 1986
- "Pega Rapaz" - video-clip/ Rita Lee// Tv Globo (Roberto Talma) - 1987
- "Tudo ou Nada" - novela Tv Manchete (David Grinberg) - 1986
- "Os Olhos de Zelda Scott"- (Armação Ilimitada)/ Tv Globo (Guel Arraes) -    1986
- "A Grande Família" - especial/Tv Globo (Antonio Grisolli) - 1987
- "Sol Loiro em Céu Azul" - especial TV Manchete (Carlos Magalhães) 1989
- "Delegacia de Mulheres" - série/TV Globo (Marcos Paulo) - 1990
- "A Casa do Penhasco" - (Fronteiras do Desconhecido)/Tv Manchete             (Henrique Martins) 1990
- "A Volta do Tempo" - Teletema/TV Globo (José Lavigne) 1991
- "Compulsão" - (Voce Decide)/TV Globo (Mauro Farias) - 1992
- "Tabu"- (Voce Decide)/TV Globo (Marcelo de Barreto) - 1992
- "Faça a Coisa Certa"- (Voce Decide)/TV Globo (Antonio Carlos Fontoura)
  1993
- "Angu de Caroço" - (Voce Decide)/ TV Globo (Ana Arantes) - 1994



TEATRO:

- "O Casamento do Pequeno Burguês"/Bertolt Brecht - Teatro Ipanema (Luiz      Antonio Martinez Correia) - 1975
- "A Casa de Irene"/ Mauro Rasi - Teatro Laura Alvim (Amir Hadad) - 1977

- "Métodos de Trabalho no Teatro" - workshop\ Teatro Cacilda Becker           (Augusto Boal/ Amir Hadad/ José Celso Martinez Correia) - 1978
- "Álbum de Família"/ Nelson Rodrigues - leitura\ Teatro Cândido Mendes       (Paulo Afonso Lima) - 1982
- "Os Sete Gatinhos"/ Nelson Rodrigues - leitura\Teatro Nelson Rodrigues      (Carlos Gregório) - 1982
- "Apenas bons Amigos"/ Geraldo Carneiro - Teatro Cândido Mendes (Antonio     Pedro) - 1983
- "Besame Mucho"/Mario Prata - Teatro Maison de France\Rio (84) - tournée     pelo Brasil/ Uruguai: {Montevidéu (Festival de Teatro do Uruguai)} e        Colômbia (Festival Internacional de Teatro de Manizales) - direção:         Aderbal Junior - 1984/1985
- "Cabaré do Despertar"\ ato variado - Teatro Villa Lobos (Paulo Reis) -      1984
- "O Corsário do Rei"/ Augusto Boal\Chico Buarque e Edu Lobo - Teatro João   Caetano (Augusto Boal) - 1985
- "Paixão de Cristo" - Arcos da Lapa (Ginaldo de Souza) - 1986
- "Corpus Christi" - Arcos da Lapa (Ginaldo de Souza) – 1986
- “As Segundas do Domingos” – show/ direção Domingos de Oliveira – Bistrô do Livro/ Sky Lounge/ Teatro do Planetário (2003/2004)
- “Canções da Minha vida” – show/ direção Denise Bandeira – e particiçação como cantora. Cinemathèque Jam (2007)

PREMIOS

- Melhor Atriz - Festival de Gramado 1976 - ("À Flor da Pele")
- Premio Governador do Estado de São Paulo - 1976/ (Atriz)  - ("À Flor da     Pele)
- Premio Air France de Cinema / (Atriz) - 1977 - ("À Flor da Pele")



OUTROS:

- Formada em Ciências Sociais com bacharelado em Sociologia pela Universidade de Brasília (UnB) em 1973.

- Presidente do Juri de Premiação do XIII Festival de Brasília do Cinema      Brasileiro - 1980

- "Samba-Plataforma" - compacto simples/Phonogram (duo com Hugo Carvana       para a trilha sonora do filme "Se Segura Malandro") - 1977

- Apresentadora do XV Festival de Cinema Brasileiro de Gramado - 1982

- Relatora do Grupo 4 que criou a Casa de Interpretação da TV Globo - 1986

- Tradutora do texto teatral: "Extraño Juguete" de Susana Torres Molina -     1989

- Professora da Oficina para Atores & Vídeo promovida pela Secretaria         Estadual do Ceará/Casa Amarela - dezembro de 1994

- Membro do Júri de Premiação do Concurso Literário Stanislaw Ponte Preta
  promovido pela Rio Arte (Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro) -          julgando "dramaturgia" e teledramaturgia". (1995)

- Membro do colegiado da ARTV - Associação de Roteiristas de Televisão e outros Veículos (criada em 2000)

- Participação, como cantora, no show “As Segundas do Domingos” de Domingos de Oliveira – no Bistrô da Praça, Sky Lounge e Cine Odeon – direção de Domingos de Oliveira – em cartaz durante todo o ano de 2004.